Divisão de Programas (DPROG)

Compete à Divisão de Programas promover a articulação dos programas de incentivo à graduação, articulando-se entre si e com os demais setores acadêmicos da Universidade Federal de Sergipe.

A DPROG está localizado dentro do DELIB no térreo do prédio da Reitoria da Cidade Universitária Prof. José Aloísio de Campos - Av. Marechal Rondon, s/nº, Bairro Rosa Elze, Município de São Cristóvão/SE, funcionando de segunda-feira a sexta-feira das 07:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00.

 

Chefe da Divisão:

Prof. Dr. Lucas Miranda Pinheiro

Tel.:

Email: dprog@ufs.br

 

Convênios e Programas mantidos pela DPROG:

 

O que é o Programa Residência Pedagógica?

O Programa Residência Pedagógica (RP) consiste, de forma planejada, na inserção do estudante de licenciatura no ambiente escolar, visando à vivência e a experimentação de situações concretas em sala de aula. É uma forma de aliar a teoria, geralmente aprendida no curso superior, com a prática docente, conduzindo o residente refletir sobre a docência.

O projeto institucional da Universidade Federal de Sergipe (UFS) destaca os objetivos do RP. São eles: 1) Aperfeiçoar a formação dos discentes, por meio de subprojetos que contribuam para o desenvolvimento de práticas pedagógicas em diferentes cursos de licenciaturas da UFS; 2) Exercitar, de forma ativa, a relação entre teoria e prática nas atividades de estágio supervisionado; 3) Induzir a reformulação dos projetos pedagógicos dos cursos de licenciatura, tendo por base a experiência da Residência Pedagógica; 4) Fortalecer a relação entre a IES e a escola, promovendo aproximação entre a entidade formadora e atuação docente de egressos das diversas licenciaturas; 5) Promover a adequação dos currículos e propostas pedagógicas dos cursos de formação inicial de professores da educação básica às orientações da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Além destes objetivos, a UFS, em parceria com a Secretaria Estadual de Esportes, Cultura e Educação (SEDUC) e o Centro de Educação Superior à Distância (CESAD), promoverá um curso de aperfeiçoamento para os professores da educação básica que participam do RP/UFS. Esta iniciativa se insere nas metas estabelecidas pelo Plano Nacional de Educação (PNE) e Plano Estadual de Educação (PEE), que têm como um de seus pilares a formação continuada dos docentes que lecionam no ensino fundamental e médio.

Estes objetivos são podem ser realizados com o envolvimento de diversas pessoas. O RP/UFS mobiliza estudantes, professores universitários e da educação básica, totalizando 675 pessoas. São 584 discentes - 547 com bolsa no valor mensal de R$ 400,00 -, 91 docentes e 42 escolas distribuídas em 9 cidades sergipanas. Esta capilaridade tem como propósito colaborar com a melhoria da qualidade de ensino, o que tende a repercutir, provavelmente, no aumento dos índices detectados pelas avaliações em larga escala, a exemplo do IDEB.

Em suma, o RP é uma ação política que visa qualificar a formação inicial dos futuros docentes, como também intervir na realidade das escolas envolvidas com projetos que englobam ações de ensino, pesquisa e extensão. É uma forma concreta para a universidade exercer sua função social, contribuindo, portanto, com a melhoria da escola pública.